Estacar tomateiros

Hoje foi dia de algum trabalho na horta. Muito mais há a fazer mas o tempo é coisa que não sobra por esta altura.

Comecei a montar a estrutura para os tomateiros, que já estavam a precisar de um apoio🙂

clicar para ver maior

Depois de colocar as estacas de madeira ao pé dos tomateiros, segurei-os à estaca.

A seguir foi a altura de pensar como iria apoiar os tomates que vão crescendo… Há sempre alguma utilidade para tudo e finalmente encontrei a de umas peças metálicas que costumam vir com móveis da IKEA, para segurar armários à parede. Preguei-as às estacas e servem de suporte às ripas de madeira que vou colocar no comprimento (tentei utilizar canas mas são tão tortas que não dá😦 ).

Ainda não acabei o trabalho mas parece-me que assim é uma boa forma de “ter os tomates no sítio”…

13 Respostas

  1. Já desisti de ter trabalho a arranjar suporte para os tomateiros. Nos anos anteriores tratava dos suportes com muito cuidado. Mas entretanto começavam a ficar amarelos e não davam fruto. Este ano estou a fazer uma experiência – calda bordalesa para cima até começarem a dar flor, mas suportes não estou para aí virado. Aguardo os acontecimentos.

    • O trabalho que estou a ter é precisamente para ficar com suportes que durem alguns anos, assim no próximo ano será só colocá-los no sítio. Quanto à produção, logo se verá mas tenho tido boas colheitas.

      • Cuidado, uma das regras para evitar pragas e doenças é a rotação das culturas. cultivando sempre no mesmo sítio está a facilitar o caminho aos indesejados!

    • Não se pode aplicar calda bordalesa, nos tomateiros, depois da floração ?
      É que o risco de doenças continua, mesmo com os tomates e crescimento.
      Gostava que esclarecesse, se possível.

  2. Pois, eu não percebo nada destas coisas porque só me meti nestas coisas das hortas recentemente… O que acontece se os tomateiros não tiverem suporte? Será que vão morrer? E o que fazes em relação aos caracóis e lesmas?

    • Os tomateiros não são plantas rasteiras, pelo que necessitam de um suporte para se aguentarem quando começam a crescer. Com o desenvolvimento da planta e dos seus frutos torna-se necessário que estes não fiquem a rastejar pelo chão porque acabam por apodrecer e se forem muito grandes partem o caule da planta. Por isso, mesmo que não morram, pelo menos a produção não será tão boa como se estiverem presos a estacas. Os caracóis este ano não têm atacado muito a minha horta. Penso que isso tem a ver com o facto de este ano ter muitos pássaros a viver aqui perto e que os devem comer. De qualquer das formas, há várias maneiras de evitar que eles ataquem. Podem-se usar armadilhas de cerveja, colocar serradura à volta das culturas e uma forma pouco usual e que parece ter dado resultado com uma pessoa que fez. Tem por base um princípio da agricultura biodinâmica e que foi experimentado noutros moldes por Rudolf Steiner. Esse método consiste em arranjar 2 ou 3 caracóis, triturá-los e juntar água para ficar um líquido; depois é só pulverizar mesmo nas folhas da couve ou alface para que eles não mais se aproximem. Refiro apenas que este não é o meu método preferido e que nunca o usei, mas sei que já foi usado e que resultou.

  3. Viva
    Já experimentaram o plantio de tomates de pernas para o ar? Gostava de obter mais info sobre este sistema…

    e suportes com vime?…é o que faço e mantém-se!! (apesar de ter uma pequena horta urbana).

    Em relação aos caracóis experimentei colocar várias barras de cobre….a verdade é que diminuiram, agora não sei se existe uma causa-efeito.

    abraço

    • Ora viva,

      não cheguei a fazer essa experiência, com muita pena minha mas estou curioso em experimentar quando for a altura da cultura do tomate.

      Esses suportes com vime gostava de ver para ficar com uma ideia.
      As barras de cobre para combater os caracóis não era do meu conhecimento, mas ainda bem que partilha isso…

      Abraço

  4. Acho que as barras de cobre não deve ser boa ideia, atrai os ladrões de cobre e na volta ainda levam também os tomates.

  5. Existe uma qualidade de tomateiro, acho quer lhe chamam industrial. É plantado no comaro e não precisa de estacas, todos os outros precisam. Um ano usei uma rede verde com quadrados grandes, penso que era indicada para armar os feijoes verdes mas resultou nos tomateiros. É um pouco cara.

  6. Estavam bem arranjados os agriculltores que plantam hectares e hectares de tomate, se tivessem de o estacar.
    Só para divertimento. O que é necessário é regar SEMPRE o tomate pelo pé.
    1 abraço

  7. tenho uma exploraçao nao muito grande de tomate e a cinco anos experimentei com uns dez pes de tomate planta los ao contrario entao arranjei uns bidoes de agua tipo os de 5 litros e plantei a uma altura de metro e meio do solo bem o resultado foi espectacular zero ervas nada de andar de joelhos a ata los as estacas muito facil de regar sem muita perda de agua so tenho a dizer bem deste novo metodo , desde entao toda a orta tem sido ao contrario desde as beringelas . pepinos . pimentos, ervilhas ate os feijoes de subir passarama ser feijoes de descer lol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: